domingo, 14 de setembro de 2014

Tag Educação Sentimental

   Esta tag foi criada pelo Bruno Leite do blog O Espanador que tinha como intenção trazer livros que "moldaram minha educação sentimental". A tag foi respondida também pela Tatianne do blog No país das estrelinhas e pelo Rafael do blog O Espanador


Lira dos Vinte Anos - Álvares de Azevedo


 Este livro de poemas de Álvares de Azevedo me encantou pela minha adolescência com suas palavras perante o amor e pensamentos sobre a vida. Acredito que algumas pessoas não veem Álvares com olhares bons por ser taxado de poeta ultra-romântico e por ser pouco trabalhado nas escolas sobre o que ele escrevia. Porém, eu sempre tive muita curiosidade em saber este amor que poderia ser preservado além vida, mesmo após a morte alguém ainda a amaria. 





Noite na Taverna - Álvares de Azevedo


Este livro conta uma conversa de bar de um grupo de homens contando seus amores e paixões que viveram. Nestas histórias havia sempre uma mulher que os arrebatavam, mas no fim nunca permanecia junto a eles. Estas histórias repleta do encanto de seus narradores pelo encanto ao encontrar aquela que aparenta ser a forma perfeita de amada.
Assim como este livro, por muito tempo tive a impressão que nunca encontraria alguém que dividisse de minha paixão por Álvares de Azevedo, porém um dia em minha faculdade discutindo a questão do amor na literatura, eu encontrei alguém que compartilhasse do meu gosto pelo amor alvarisiano e hoje estou namorando com ele. Coincidência ou não, nós começamos a namorar no mesmo dia do aniversário de Álvares de Azevedo que é dia 12 de Setembro.



Os sofrimentos do jovem Werther - Goethe

Neste livro conta a história de Werther conta, através de cartas, ao seu amigo Wilhelm sobre sua estadia na cidade em que se encontra. Durante este período Werther se encanta com a natureza, faz reflexões sobre a vida, os valores que as pessoas dão ao status dos outros, filosofia, o amor e a beleza que as coisas simples.









Tráfico de mujeres y otros ensayos sobre feminismo - Emma Goldman

  Neste livro de ensaios que discute o papel dado para mulher na sociedade e quão equivoco a sociedade entendia as questões relacionadas ao amor. É um livro prol a busca da liberdade do ser humano, livre-se das amarras morais e do Estado.
  Ela é uma grande inspiração para mim. Influencia na minha busca pela liberdade e igualdade dos seres que tanto discuto aqui no blog e na minha vida. Se quiser saber mais sobre este livro veja a resenha deste livro.





Persépolis - Marjane Satrapi

Este quadrinho nos conta a história de Persépolis que vive a Revolução Iraniana e na adolescência é mandada para a Europa pelos pais e encontra-se só em um lugar que ninguém a vê como parte e sempre como estrangeira. Bem, este livro me ensinou que não deveria fingir ser uma pessoa que não era para ser aceita, mas sim ser eu mesmo. Independente de seus gostos, interesses e sonhos acredito que este livro cativa quem sempre se sentiu só por ser diferente.  



Eu tagueio todos que ficaram com vontade de fazer esta Tag e se fizerem por favor me mandem o link, pois quero muito ver suas respostas.

2 comentários:

  1. Jéssica, gostei muito de suas respostas! Li muito Álvares de Azevedo também e gosto tanto de Noites na Taverna! O Werther eu li mais velha e sinto que perdi algo, deve ser uma grande experiência ler esse livro mais jovem. Respondendo a sua pergunta, eu acho que sim, Uma aprendizagem é meu livro favorito dela e acho que um dos mais bonitos. O meu caminho foi esse, li primeiro A hora da estrela e depois A aprendizagem e então me senti preparada para encarar os que considerava mais difíceis. Espero que você goste muito, Clarice é inesquecível :)
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gosta de Álvares de Azevedo, este autor está nos entre os meus autores favoritos! Vale muito a pena reler Os sofrimentos do jovem Werther, pois ele filosofa com questões da existência humana que acredito que são bem atemporais. Desejo que seja uma ótima releitura!
      Ebaaaaa!!! Vou procurar ler este livro da Clarice Lispector e depois te aviso o que achei, ok?
      Beijos!

      Excluir