sábado, 22 de fevereiro de 2014

TAG Trinca de Leituras

1 – Quais autores/obras se envergonha de ainda não ter lido? Ou ainda não leu direito?




Albert Camus


Camus, autor argelino que participou do grupo existencialista junto a Sartre e Beauvoir até quando se opuseram suas ideologias durante a Guerra Fria. Ele se contrapôs aos crimes políticos de Stálin. Fico curiosa em ver na sua escrita o desenvolvimento de sua filosofia e opiniões dos acontecimentos de sua época.


Hannah Arendt


Esta autora desenvolveu muitas teorias sobre os conflitos que existiam no século XX. Ela fez a crítica da criação de Israel, mesmo sendo judia. 
Hannah Arendt possui uma riqueza de reflexões que muito me interessa. Todas as vezes que ouço alguém citá-la mais me interesso em ler algo que ela escreveu.         
                

Gabriel García Márquez


Não sou fã de literatura da América Latina não por preconceito, mas sim por nunca ter o contato com este tipo de literatura. Esta literatura onde inúmeras pessoas se encantam pelo realismo mágico do qual não conheço, fez com que eu fique cada vez mais curiosa em me aventurar pela literatura da América Latina. Assim, escolhi Gabriel García Márquez, pois os títulos de suas obras e resenhas feitas sobre suas obras alimentam a minha curiosidade desta literatura até agora misteriosa para mim.

2 - Quais autores/obras "destoam" sua biblioteca de leituras?




Hobbit de J. R. R. Tolkien


Eu não sou leitora de fantasia, mas em busca de algo novo acabei comprando o livro. Ainda não o li, mas pretendo lê-lo ainda neste ano. Gosto de sair do campo de conforto para conhecer novos autores e histórias. Acho que talvez será um bom começo de conhecer o mundo de Tolkien. 



Julie & Julia de Julie Powell
Sei que muitos irão ficar indignados com o que direi a seguir, mas que a verdade seja dita. Comprei este livro depois de ver o filme com o mesmo nome quase 4 vezes. Eu tinha me identificado com a personagem principal e de vezes em quando volto a assistir o filme. Então, eu tomei coragem de comprar para enfim sentir tudo e um pouco mais do que vi no filme, mas ainda não li e temo agora de não ser tão bom quanto o filme. 


3– Quais autores/obras dá um trabalho hercúleo não gostar


O Morro dos Ventos Uivantes de Emily Brontë


Li este livro quando estava com 16 anos e confesso que foi uma experiência horrível, pois cada vez que avançava na leitura parecia que mais chato. A história ficava com aqueles conflitos amorosos que desgastava o leitor. Infelizmente, tentei mais de uma vez e ainda não consigo gostar deste livro.

O apanhador no campo de centeio de J. D. Salinger

Comprei após uma indicação de uma colega de Universidade e depois vi de um vídeo de impressões sobre o livro. O que me atraiu foi impressões de ambas as pessoas e uma história que ronda este livro sobre a morte de John Lennon. O problema foi que comecei a ler e o livro começou a me irritar. A escrita que busca ser rebelde me incomodou, pois já li um punhado de livros que eram vistos em sua época como rebeldes, mas não precisavam escrever deste jeito enfatizando que era rebelde a cada página. 
Pode ser que seja apenas minha impressão, pois como disse antes tem pessoas que gostaram deste livro. Porém não foi o que aconteceu comigo. 

 Paulo Coelho


Encantei-me pelo Paulo Coelho quando soube que ele compôs  músicas junto ao Raul Seixas e como amava as músicas do Raul Seixas  e todo misticismo em volta dele, então fiquei curiosa em ler algo dele. Li o "Diário de um Mago" e não achei muito bom, mas até ai poderia ser uma obra ruim comparada às outras que ele tinha feito. Então, eu fui ler a "Zahir" e simplesmente percebi que realmente a escrita dele não me agradava, ou, pior, os enredos me incomodavam  com finais sem criatividade e previsíveis.

Blogs que indico esta TAG: O pintassilgo, Dedos inquietos, Estandy Books, Cem Anos de Literatura e quem mais quiser fazer esta tag. 

Eu vi esta tag no O Espanador feita pelo Kalebe. Outras pessoas que responderam esta tag: 

Menezes do blog O Espanador;
Matias do blog O Espanador;
Melissa, do blog De coisas por aí;
Michelle, do blog Resumo da Ópera;
Cristiane, do blog Cafeína Literária;

9 comentários:

  1. Olá Jéssica,

    Dos que você não leu, eu também não li o Albert Camus e nem a Hannah Arendt. E tenho que concordar quanto ao Morro dos Ventos Uivantes, eu tentei ler esse livro uma época e a leitura simplesmente não engrenou...marquei como meta desse ano para tentar de novo e vamos ver no que dá. O Apanhador eu também não gostei muito, mas achei bom, deu pra ler. Só não achei AQUILO tudo que falavam.

    Acabei de olhar teu perfil no skoob e descobri que seguimos uma a outra. :)

    Abraços,
    Tamara Costa
    http://www.doseliteraria.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que bom saber que não sou a única a não ser fã do livro o Morro dos Ventos Uivamtes e do O Apanhador no campo de centeio. Tamara, eu quero muito ler Camus e Arendt ainda neste ano, talvez você se empolge em ler um deles também neste ano. Achei que temos gostos parecidos e assim que fizer resenha de leitura de Hannah Arendt e Camus vou querer ler e trocar experiências das leituras.
      Desejo ótimas leituras para você!
      Beijos,
      Jéssica.

      Excluir
    2. Hannah Arendt eu não garanto mas Camus tá na meta :D e vamos sim trocar figurinhas ;) ficarei voltando aqui.

      Excluir
  2. Oi, Jéssica!
    Adoro bisbilhotar as respostas alheias!
    Li meu primeiro livro do Camus no fim de 2013 e gostei da experiência. Quero ler outros. Hannah Arendt ainda não li. Gabo me ganhou já no primeiro contato ('Cem Anos de Solidão') e continuo gostando de seus trabalhos. Também não sou muito de ler fantasia e nem me arrisco com o Tolkien. Te entendo com o "Julie & Julia", mas minha opinião não conta, já que adoro histórias que envolvam culinária. Yay! Mais uma que não gosta de "O morro..." Toca aqui o/
    "O Apanhador..." me irritou extremamente da primeira vez que li, mas adorei a releitura que fiz no ano passado. Do P. Coelho nunca li nada, mas pretendo dar uma chance.
    bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Michelle!
      Talvez foi o momento que li influenciou o meu julgamento destas obras e autor. Bom saber que gostou de Camus ainda neste ano irei lê-lo! Estou com expectativas a mil. Ainda preciso conhecer a literatura latina-americana. Você me sugere algum livro dele para eu começar a ler Gabo?
      Nossa. quanta coisa em comum! Vou passar a pegar indicações com você!
      Beijo!

      Excluir
  3. Jéssica,
    gosto muito de literatura latina, mas ainda não li nada do Gabo. Vamos ler juntas? Chocada por vc não ter gostado do Morro dos Ventos Uivantes. Vamos conversar? Sou simplesmente apaixonada pelo protagonista. E Camus e Hannah ainda não me atrevi. Também não sou muito fã de fantasia. Temos muita coisa em comum. Adorei suas respostas.
    www.viagensesquizofrenicasalua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lua, desculpa a demora te responder! Olha, adoraria lermos juntas Gabo! Olha, eu não sei se foi o momento que li ou realmente não gosto do livro "Morro dos Ventos Uivantes", mas você pode me dizer as suas impressões e discutimos sobre. ;)
      Espero ler Camus e Arendt ainda este ano ou até no próximo. Se quiser me acompanhar nestas leituras, esta convidada!
      Beijo

      Excluir
  4. Gosto é gosto! =D Eu amo tanto O Morro dos Ventos Uivantes quanto O Apanhador no Campo de Centeio... Hahahahahahaha
    Cem Anos de Solidão é até hoje o melhor livro que li na vida! Leia sem falta (quanto mais agora que ele merece a homenagem).
    Camus eu também não li, mas está aqui em casa, me olhando...
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduarda, espero um dia poder reler O Morro dos Ventos Uivantes que mudar a minha opinião. Quero ler Gabriel Garcia Marquez ainda este ano, talvez leia o Cem Anos de Solidão. Ele esta na lista de livros para a vida.
      Camus, ele flerta comigo muitas vezes, pois uma professora citava muito ele e como gosto muito de Sartre e Beauvoir, minha relação com ele é ainda um tanto distante, mas sei que amarei pelas propostas e debates dele.
      Se quiser ler comigo, podemos fazer uma leitura compartilhada.
      Beijo,
      Jéssica

      Excluir